tumblr_mzpfegJo8a1rcrcdeo1_1280

Estou super afim de ler esse livro  “Eu me chamo Antônio”  há meses vejo paginas desse livro por ai internet a fora e estou enlouquecendo, como é interessante essa nossa forma de livros, assim como o “Destrua esse diário” tem uma proposta inovadora e muito atraente também !! Aqui perto de casa abriram um Sebo pra minha felicidade rs, e quero muito comprar um livrinhos ! 

Bom, eu quero muuuito ler, e enquanto eu não tenho vou lendo uns trechos por ai e cada vez mais querendo um pra mim. 

Por que as lágrimas não
c
a
e
m
no esquecimento?
- Eu me chamo Antônio. 
niontotonannnioo

Uma das melhores coisas do mundo é ficar sozinho. Você, no seu canto, ouvindo suas músicas preferidas no volume que quiser. Você, com a casa arrumada ou bagunçada. Você, com uma roupa linda ou vestida de mendiga. Você, de salto alto ou pé no chão. Tanto faz, o importante é estar com você.

“Acho que é isso que falta na vida da gente: mais palavras bonitas e menos cara feia. Mais olhares sinceros e menos grosseria. Mais sorrisos cúmplices e menos palavras duras. Mais educação e menos pressa. Mais respeito e menos julgamento. Mais humanidade e menos falta de respeito. Mais doação e menos egoísmo. Mais mãos dadas e menos individualidade.” — Clarissa Corrêa.

Até alguns anos atrás, eu costumava dizer frases como “eu jamais vou fazer isso” ou “nem morta eu faço aquilo”, limitando minhas possibilidades de descoberta e emoção. Não é fácil libertar-se do manual de instruções que nos auto-impomos. Às vezes, leva-se uma vida inteira, e nem assim conseguimos viabilizar esse projeto. Por sorte, minha ficha caiu há tempo.” — Martha Medeiros.

UM DIAé um livro maravilhoso com uma história emocionante a cada pagina o leitor se admira com Dexter Mayhew e Emma Morley. Tudo começa em 1988 ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro.
Os anos se passam e Dex e Emma levam vidas isoladas – vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois.
Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.
Um Dia: Vinte Anos, Duas Pessoas é um fenômeno editorial no Reino Unido, sucesso absoluto de crítica e público, e teve o roteiro adaptado para o cinema pelo próprio autor, David Nicholls. 
O filme, dirigido pela cineasta dinamarquesa Lone Scherfig, que também dirigiu Educação, traz a atriz Anne Hathaway no papel de Emma Morley.

um diia